• Consultório: 11 3641-2200 / 11 3641-9620 / 11 96912-6220
  • Polissonografia Domiciliar: 11 99487-1811

Dicas e Artigos

Saiba mais sobre diversos assuntos médicos e científicos...

Adenoides ou “Carne Esponjosa’’

A adenóide é um dos tecidos de defesa de nosso organismo, localizados atrás do nariz. Todos nós temos adenóide, mas o problema ocorre quando ela é muito maior do que seu tamanho habitual ou infecta-se com muita frequência, formando um meio de cultura ao invés de ser um órgão de defesa...

O aumento de adenoide ocorre principalmente dos 2 aos 6 anos e os sintomas clássicos são roncos noturnos, babação no travesseiro, respiração pela boca à noite e, em alguns casos, irritabilidade durante o dia, hiperatividade e agressividade.

O exame de RX de perfil, ou também chamado de RX de Cavum, pode diagnosticar o aumento de adenoide (como pode ser visto abaixo). Note o RX de cavum normal (A), com boa passagem de ar do nariz para a garganta e o RX alterado por aumento de adenoide (B).

 

RX de Cavum Normal (A)

 

RX de Cavum Alterado (B)

 

Muitas vezes faz-se necessário a realização da nasofibroscopia. Consiste na passagem de uma fina câmera no nariz do paciente para a visualização direta do tamanho das adenóides, conseguindo saber qual a porcentagem do calibre da via aérea está fechada por adenóide.

A adenoide pode também atrapalhar o funcionamento adequado dos ouvidos na medida em que ela pode entupir a tuba auditiva, que comunica o nariz com os ouvidos. Nestes casos podem ocorrer sintomas auditivos como diminuição da audição (percebido por volume da televisão alta, mau desempenho escolar, atraso no desenvolvimento da fala), acúmulo de secreção nos ouvidos e otites recorrentes.

Além disso, em alguns casos a adenoide pode nem ser tão volumosa mas pode ser considerada um meio de cultura, perpetuando a secreção nasal espessa amarelo-esverdeada.

Se realmente foi comprovado o aumento excessivo da adenóide ou sua relação com otites de repetição, o tratamento é cirúrgico. A cirurgia, na grande maioria das vezes é rápida, é feita pela cavidade oral sem nenhuma incisão externa, sob anestesia geral. Nos dias subseqüentes à cirurgia, a criança pode se alimentar com qualquer tipo de alimento desde que frio, para não precipitar sangramentos. Leia mais sobre a cirurgia no item cirurgia de adenóides.